segunda-feira, 17 de maio de 2010

Cuidados com a pele

Postado por Lucy às 08:38
Reações: 
Cuidar da pele é sempre uma necessidade. Mais do que isso, é um ato de carinho e uma prova de amor-próprio. Mas, se você desanima pensando que terá de passar uma tonelada de cremes e gastar horas a fio em frente ao espelho todos os dias, fique tranqüila.
Sua pele pode receber um tratamento de rainha, valendo-se apenas de máscaras de fácil aplicação. Isso mesmo.
Caseiras ou industrializadas, elas ajudam, entre outras coisas, a hidratar, nutrir, dar mais firmeza e equilibrar o nível de oleosidade da pele.


Conheça seu tipo de pele

Cada pessoa tem seu próprio metabolismo, que varia de acordo com a herança genética, os hábitos alimentares, os ambientes em que vive, entre outros fatores.
A pele reage a essas condições biológicas e climáticas e se constitui de formas distintas: pode ser seca, oleosa, normal, mista, acnéica, ou sensível.

SECA
Geralmente, não é muito vistosa, pois apresenta uma aparência áspera e denuncia a presença de rugas. Com a chegada do frio, as mais sensíveis, podem até descamar.

NORMAL
Embora tenha um aspecto luminoso e hidratado, também necessita de cuidados e não está livre de ter alguns cravinhos indesejáveis.

MISTA
Muito comum nas negras, caracteriza-se por apresentar a chamada "zona T" - testa, nariz e queixo, mais oleosa do que as demais partes do rosto.

OLEOSA
Os poros são mais dilatados, o que facilita a formação de cravos e espinhas. Quem tem esse tipo de pele nota que o rosto fica constantemente com aspecto engordurado.

ACNÉICA
A pele acnéica é muito oleosa e brilhante. Costuma apresentar áreas inflamadas e com pontos avermelhados, em decorrência da presença de cravos e espinhas. O rosto, o peito e as costas costumam ser as áreas mais afetadas devido ao número maior de glândulas sebáceas que possuem.

Mas do que um problema estético, os cravos e espinhas normalmente sinalizam um desequilíbrio orgânico e, portanto, exigem cuidados específicos.

SENSÍVEL
É o tipo de pele frágil, fina e bastante irritável. Fica avermelhada com facilidade, pois reage facilmente ao contato com agentes externos, como sol, cosméticos inadequados, variações climáticas, etc.

Muitas vezes responde com ardor ou prurido ao contato com algum cosmético ou medicamento, estimado-se que este tipo de pele ocorra em 10% dos usuários de cosméticos. Tal reação negativa não se caracteriza como alergia, pois, ao utilizar o mesmo produto em outra parte do corpo não há reação de intolerância.
De modo geral, as peles claras têm maior tendência a apresentar sensibilidade.

Related Posts with Thumbnails

1 comentários:

Flávia Batista on 17 de maio de 2010 15:17 disse...

Oi Lucy,

como vai?

Adorei o post. Já sabia que minha pele era oleosa, mas conmfesso que não sou tãaaao cuidadosa. Eu até que hidrato bastante, mas como forma espinha muito fpacil, as vezes não me aguento e estouro as danadas. Pra piorar, como sou negra, facilita a aparição de manchinhas. Mas até que estou tendo mais cuidados. Tenho esfoliado uma vez por semana, hidratado e vez ou outra faço umsa mascaras.

Agora sabe uma coisa que não posso nem pensar em fazer: deixar maquiagem no rosto. se chego d euma festa, nada de ir dormir, tenho que tirar, pq se não, no dia seguinte tô cheeeeia de espinhas. è o fim!

Enfim, cada um com sua pele, né?!

bjssss

 

Mulher super pratica Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare